sexta-feira, 29 de julho de 2011

Patrono e homenageado da 27ª Feira do Livro serão conhecidos nesta sexta

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal da Cultura - Programa Permanente de Estímulo à Leitura/Livro Meu, e a Associação dos Livreiros Caxienses informam que serão conhecidos nesta sexta-feira, 29 de julho, o patrono e o homenageado da 27ª Feira do Livro de Caxias do Sul. O anúncio será feito pelos organizadores na noite desta sexta, logo após a reunião que definirá os dois nomes. O encontro inicia às 18h30min, na Secretaria da Cultura (Estação Férrea). A 27ª edição da Feira acontece de 30 de setembro a 16 de outubro, na Praça Dante Alighieri.

A partir das 19h30min será feito o comunicado oficial à imprensa, no mesmo local.

Assessoria de Imprensa PPEL

sexta-feira, 18 de março de 2011

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

SE ENCERRA A 26ª FEIRA DO LIVRO DE CAXIAS DO SUL – LER É ILUMINAR-SE

Então foi assim, as luzes se apagaram, as estruturas foram desmontadas, mas os livros e seus leitores, esses sim, permanecerão. A Feira do Livro de Caxias do Sul com o tema “Ler é iluminar-se”, encerrou com sucesso ao som do músico Francis Hime.

Com a Participação do Patrono Marcos Fernando Kirst e o homenageado Frei Aldo Colombo, de 1° a 17 de outubro, foi na praça Dante Alighieri que a leitura na cidade aconteceu de forma mais intensa e animada, contando com mais de 250 atrações literárias, incluindo contação de histórias, bate-papo com escritores, mesas temáticas, lançamentos e sessões de autógrafos, entre outros. Com uma circulação de 300 mil pessoas e totalizando uma venda de 73.868 exemplares.

Nomes importantes da literatura estiveram na cidade para bate-papo com leitores, neste período, como: Márcia Tiburi, Daniel Galera, Reinaldo Figueiredo, Guilherme Fiuza, Luiz Antônio Araujo, Cristovão Tezza, Laurentino Gomes, Tony Bellotto, Thalita Rebouças, Mônica de Castro e Ana Cristina Vargas. Na sexta edição do projeto Passaporte da Leitura também passaram diversos escritores e ilustradores de literatura infantil e juvenil como: Mario Teixeira, Hermes Bernardi Jr, Lúcia Hiratsuka, Carlos Urbim, Ione da Silva Grillo, Fátima Miguez, Leo Cunha, Lúcia Fidalgo, Cíntia Moscovich, Graça Lima, Caio Riter, Graziela Hetzel e Kalunga.

O Encontro Estadual de Leitura – 17° PROLER, atendeu em 10 oficinas, em média de 260 pessoas. Caio Riter, Leo Cunha, Marô Barbieri, André Neves, Volnei Canônica, Valesca de Assis, Pedro Gonzaga, Hermes Bernardi Jr. e Vania Marta Espeiorin, trataram em suas oficinas de assuntos como: poesia, contos, letramento visual, imaginação e criatividade. Na abertura, contamos com a presença de Nilma Lacerda, especialista em Literatura Brasileira, Mestre e Doutora em Letras, Emília Gallego, escritora e Presidente da Seção Cubana do IBBY – International Board for Young People, Elizabeth Serra, Presidente do Conselho Deliberativo do PROLER e Ira Maciel, Coordenadora Nacional do PROLER.

A Prefeitura de Caxias do Sul, Secretaria Municipal da Cultura, Programa Permanente de Estímulo à Leitura/Livro Meu e a associação dos Livreiros Caxienses agradecem a todos por participarem de mais esta conquista. Queremos partilhar com os cidadãos caxienses o sucesso de mais esta Feira do Livro.

sábado, 16 de outubro de 2010

26ª Feira do Livro encerra neste domingo (17)

A 26ª Feira do Livro chega ao seu último fim de semana comemorando a venda de mais de 60 mil livros. Dentre os livros mais vendidos, destacam-se a Bíblia, em suas diversas variações (ilustrada, comentada, para crianças, etc), o best-seller Meu Querido John – O que você faria com uma carta que mudasse tudo (Ed. Novo Conceito), de Nicholas Sparks, Comer, Rezar, Amar (Ed. Objetiva), de Elizabeth Gilbert e a obra espírita Nosso Lar (Ed. FEB), de Francisco Cândido Xavier.

Segundo a organização, até sexta-feira (15), aproximadamente 270 mil pessoas já passaram pela 26ª edição da Feira do Livro.

Além da venda de livros, a Feira foi o centro de diversos eventos importantes para Caxias do Sul. Foram realizados na Praça Dante, 26 encontros entre escolas e autores por meio do projeto Passaporte da Leitura, 55 sessões de autógrafos, 11 apresentações de grupos teatrais e 32 sessões de contação de histórias no Palco Infantil.

Pela 26ª Feira do Livro passaram renomados escritores brasileiros como Márcia Tiburi, Daniel Galera, Mônica de Castro, Reinaldo Figueiredo, Guilherme Fiuza, Tony Bellotto e Ana Cristina Vargas.

Personalidades importantes também estiveram ministrando palestras, promovendo mesas de debates e bate-papos. Dentre eles podemos citar: Jayme Paviani, Caio Riter, Cecil Zinani, Salete R. dos Santos, Luiz Antônio Araújo, Padre Leomar Brustolin e os ilustradores da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ), Márcia Leite, Jacira Fagundes e Flávia Ramos.

Como em outros anos, o 17º Encontro Estadual de Leitura – Proler aconteceu durante o período da Feira do Livro e reuniu cerca de 300 pessoas, trazendo a Caxias os seguintes palestrantes: Caio Riter (POA), Leo Cunha (BH), Lúcia Fidalgo (RJ), Marô Barbieri (POA), André Neves (POA), Volnei Canônica (RJ), Pedro Gonzaga (POA), Valesca de Assis (POA), Hermes Bernardi Jr. (POA) e Vania Marta Espeiorin (CXS).

O Venha Ler Comigo, criado na 25ª Feira do Livro e mediado por Volnei Canônica, reuniu pessoas envolvidas com literatura em Caxias como: Gustavo Guetler, Maristela Deves, Eduardo Dall Alba, Domingas Colombo Giacomin, Rejane Rech, Uili Bergamin, Nivaldo Pereira, Camila Cornutti, Tadiane Tronca, Gilmar Marcílio, Fabiano Finco, Adriana Antunes, o patrono Marcos Fernando Kirst e o homenageado Frei Aldo Colombo. O Venha Ler Comigo é uma atividade da Feira do Livro que leva os convidados a compartilharem suas experiências de leitura com o público.

A cerimônia de encerramento da 26ª Feira do Livro acontece neste domingo (17), às 18h30min, no Palco Central da Praça Dante Alighieri, com show do músico carioca Francis Hime (as bancas continuam a venda de livros até as 20h). Francis Hime é cantor, compositor, pianista e possui mais de 15 discos e DVDs lançados. É parceiro de grandes nomes da música brasileira como Vinícius de Moraes, Chico Buarque, Toquinho, Dias Gomes, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Paulinho da Viola, Ivan Lins e outros.


Bate-papo com a escritora espírita Ana Cristina Vargas neste domingo (17)

Em busca de uma nova vida é o tema do bate-papo com a escritora de livros voltados para o público espírita, Ana Cristina Vargas, neste domingo, às 14h, no Auditório da Feira do Livro. O encontro terá a participação da integrante do Departamento de Comunicação da Sociedade Espírita Bezerra da Menezes, Solange Sluchtemberg.

Ana Cristina Vargas mora na cidade de Pelotas – RS. É fundadora e presidente da Sociedade de Estudos Espíritas Vida. Também atua como oradora e médium, desenvolvendo diversas tarefas na área social e doutrinária de sua cidade. Ana Cristina Vargas psicografou os livros O Bispo, Dramas da Paixão, Escravo da Ilusão, O Fim e o Início, O Herdeiro, Ídolos de Barro, A Morte é uma Farsa, Na Ponta dos Pés, O Quarto Crescente, A Virgem do Sol, todos eles ditados pelo espírito José Antônio.

Sessões de Autógrafos deste domingo (17)

O mistério da mesa arranhada

A professora universitária e escritora, Sylvia Roesch autografa, às 15h, no Palco Infantil, o livro O mistério da mesa arranhada.

A mesa nova da mãe um dia aparece arranhada. E ela, naturalmente está furiosa. Em um texto poético narrativo, a obra traz o dilema de Juliano, que tenta ajudar a descobrir o culpado pela mesa arranhada, e para tanto, sugere à sua mãe, vários animais que poderiam ter cometido essa travessura: tucano, jacaré, onça-pintada e castor. Durante todo o tempo, o papagaio Lordinho, que anda solto pela casa, se intromete e canta versinhos, arremedando a conversa do menino com sua mãe. Depois de suspeitas e pistas falsas, todos se surpreendem ao descobrir quem é o culpado.

Avance com estratégia

O empresário e escritor Patrick Augusto Piccoli lança, às 16h, na Sala de Autógrafos, o livro Avance com estratégia.

A obra aborda um pouco da história de Caxias do Sul, dando conceitos de empreendedorismo e gestão, além de oferecer uma lição de respeito e relacionamento. O livro narra a história de duas caxienses, Anaka e Inosis, que possuem personalidades opostas e tornaram-se melhores amigas. Para realizarem um sonho, precisam chegar a um acordo, somando suas adversidades.

Ode Paranoide

O escritor Marco de Menezes e a ilustradora Marina Polidoro lançam, às 16h30min, no Café Cultural, o livro Ode Paranoide.

A obra aborda a hipocrisia com que as cenas sociais são geradas, em particular as relações autoritárias, antepostas a valores morais do cotidiano.

Tudo Começou Assim

A professora e escritora Anamaria Cachapuz Cypriano, autografa às 15h, na Sala de Autógrafos, o livro Tudo Começou Assim. São 86 textos selecionados, entre os 219 publicados pela autora no Jornal NH, de Novo Hamburgo.


sexta-feira, 15 de outubro de 2010

PROJETO NATUREZA VIVA NA FEIRA DO LIVRO

Neste sábado (16), das 14h às 18h, acontece a divulgação do Projeto Natureza Viva, no Estande da Prefeitura, da 26ª Feira do Livro de Caxias do Sul. O objetivo do projeto é educar para a preservação da vida e da natureza, ao promover, difundir e proporcionar à população, informações relacionadas ao meio ambiente.

O público interessado pode conhecer o projeto e participar de sorteios de brindes.

Sessões de Autógrafos deste sábado (16)

Histórias da Curva da Zona

A escritora Mara Scotti, autografa, às 15h, na Sala de Autógrafos, o livro Histórias da Curva da Zona.

Através de relatos de famílias que moravam nas proximidades das casas de tolerância, a obra traz o resgate histórico da Vila Jardim, conhecida como Curva da Zona, o antigo reduto das prostitutas em Caxias do Sul.

Missão de Anunciar

O assessor de comunicação e escritor Alberto Meneguzzi autografa, às 15h, no Palco Central, o livro Missão de Anunciar.

A obra traz o relato de situações vividas por catequistas em diversas comunidades do Brasil, fazendo com que o leitor reflita sobre a melhor maneira de evangelizar numa sociedade que aprecia tanto o descartável, e tenta motivar outros catequistas para sua importante missão.

O Estigma da Periferia

A professora e escritora Marisa de Andrade autografa, às 16h, no Café Cultural, o livro O estigma da periferia.

O livro analisa o comportamento dos moradores de bairros que, em geral, estão relacionados às parcelas excluídas da sociedade.

Fazenda Santa Ana

Maria de Lourdes Gonçalves Avino, professora e escritora, lança, às 16h, na Sala de Autógrafos, o livro Fazenda Santa Ana.

A obra traz a história de Maria Clara, uma jovem e recém formada professora, que vê com alegria e entusiasmo seu nome ser indicado para lecionar em uma fazenda. Porém, depara-se com tanta hostilidade e maldade, num meio onde ela supunha ser de extrema pureza. Apesar das inúmeras decepções e entraves que vão surgindo, a jovem não esmorece e continua a lutar para conquistar seus objetivos.

O mundo em silêncio

A professora, escritora e contadora de histórias, Heloísa Bacichette; o ilustrador e escritor Sandro Zamboni; o escritor Ignacio Martinez; e a professora, escritora e contadora de histórias Marô Barbieri lançam, às 16h, no Palco Infantil, o livro O mundo em silêncio.

A obra é escrita em português e espanhol e foi lançada recentemente, em Montevidéu, Uruguai.

Causos do boi voador

A professora dos Cursos de Graduação e Mestrado em Letras da Universidade de Caxias do Sul, autora dos livros De Simões Lopes Neto aos Poetas da California, Literatura gauchesca: do cancioneiro popular à modernidade e Tradição, modernidade, regionalidade, Lisana Bertussi e o arquiteto, autor dos ensaios Elementos de arquitetura da imigração italiana, Arquitetura da aqui!, 1º de abril, mas nem tanto!, Architecture of italian imigrants e Design de Resultados, Paulo Bertussi, lançam, às 17h, no Café Cultural, o livro Causos do boi voador.

A obra traz histórias do mundo campeiro, inventadas pelos contadores dos campos de cima da serra e da fronteira, e recriadas por pesquisadores da Universidade de Caxias do Sul.


Perseverar na fé, Confirmados na fé e Celebrar o Natal


O padre, teólogo, Mestre e Doutor em Teologia, professor e escritor, Leomar Brustolin fará palestra sobre as obras Perseverar na fé, Confirmados na fé e Celebrar o Natal, às 17h, no Auditório da 26ª Feira do Livro. Além da palestra, o padre estará autografando os livros.

Perseverar na Fé: A obra busca fazer uma leitura de importantes fatos da vida de Cristo, abordando a vivência cristã e os sacramentos do matrimônio e da ordem. Adaptado para o catecismo, o livro contempla roteiros para os encontros, as celebrações e as reuniões de família.

Confirmados na Fé: O livro propõe a preparação para a crisma, servindo de ferramenta para tornar a catequese menos escolar e abstrata. A centralidade na palavra e as reflexões pretendem provocar o grupo a viver um processo de conversão para a vida cristã.

Celebrar o Natal: A obra traz um roteiro de encontros para celebrar o Natal em família ou comunidade. São sete momentos que precedem o nascimento de Jesus, nos quais o presépio vai sendo montado aos poucos enfatizando a importância de cada uma das partes que o compõe.


Português Profissional – facilitando a escrita

O professor, pesquisador da Universidade de Caxias do Sul, Doutor em Línguas Modernas pela Universidad del Salvador (Buenos Aires) e escritor Normelio Zanotto, lança, às 17h, na Sala de Autógrafos, o livro Português Profissional – facilitando a escrita.

A obra, escrita em linguagem fácil, tem o objetivo de auxiliar na produção de textual. Concordância, crase, regência, pontuação aberta, pontuação fechada, construção frasal, paralelismo, siglas, símbolos, abreviaturas, estrangeirismos, são alguns dos capítulos que o livro propõe para facilitar a tarefa de quem lida com textos escritos formalmente.

Geremia: Um Olhar de Pai para Filho

O jornalista, escritor e patrono da 26ª Feira do Livro de Caxias do Sul, Marcos Fernando Kirst, lança, às 18h, no Café Cultural, o livro Geremia: Um Olhar de Pai para Filho.

A obra faz um resgate histórico dos Estúdios Geremia, que retratou em imagens as mudanças de Caxias do Sul.

26ª Feira do Livro encerra neste fim de semana

A 26ª Feira do Livro encerra neste domingo (17), às 18h30min, com show de Francis Hime, no Palco Principal da Praça Dante Alighieri. Não perca!

Francis Hime possui mais de 15 discos e DVDs lançados. É parceiro de grandes nomes da música brasileira como Vinícius de Moraes, Chico Buarque, Toquinho, Dias Gomes, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Paulinho da Viola, Ivan Lins e outros.

Aproveite o último fim de semana do segundo maior evento literário do Estado. Nestes últimos dias ainda acontecem bate-papos, palestras, contação de histórias, sessões de autógrafos, apresentações de música e dança e teatro. Confira:


*Sábado – 16 de outubro


10h – Apresentação do Grupo de Câmara do Coral Municipal de Caxias do Sul – Palco Central

14h – Contação de histórias com a Profª Mônica Emmer – Palco Infantil

14h às 18h – Divulgação do Projeto Natureza Viva – Estande da Prefeitura

15h - Apresentação teatral internacional “A FABLES” do grupo Animatiére, da França – Palco Central

18h – Exibição do filme Lucas, um intruso no formigueiro – Espaço do Sesi

18h – Bate-papo Sonhos – correndo atrás com Thalita Rebouças – Auditório da 26ª Feira do Livro

19h – Happy hour com Cris Oltz – Café Cultural


*Domingo – 17 de outubro

10h30min – Apresentação da Banda Marcial La Salle Carmo – Palco Central

13h30min – Contação de histórias com Rita de Cássia Campos Costa – Palco Infantil

14h – Bate-papo Em busca de uma nova vida com Ana Cristina Vargas – Auditório

15h – Apresentação teatral internacional “ A FABLES” do grupo Animatiére, da França – Palco Central

18h30min – Encerramento da Feira do Livro com show do compositor, pianista e cantor Francis Hime – Palco Central

A 26ª Feira do Livro é uma realização da Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e do Programa Permanente de Estímulo à Leitura/Livro Meu, da Associação dos Livreiros Caxienses e da Associação dos Amigos do Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho.
A Feira do Livro conta com o patrocínio da Marcopolo, Racon Consórcios, Randon S.A. - Implementos e Participações, Unimed e Visate e apoio da Faculdade da Serra Gaúcha (FSG) e Secretaria Municipal da Educação (SMED).

Grupo de Câmara do Coral Municipal se apresenta neste sábado (16)


O Grupo de Câmara do Coral Municipal, sob a regência de Cibele Tedesco, participa da 26ª Feira do Livro de Caxias do Sul. A apresentação acontece sábado (16), às 10h30min, no Palco Central da Praça Dante Alighieri.

No repertório, uma mescla de aproximadamente dez músicas dos espetáculos: Pare Olhe Escute, Beatles – A razão e a paixão e Celebration. “Faremos uma apresentação bastante diversificada, com músicas dos espetáculos já consagrados, além de uma ‘palhinha’ do “BR Paixão”, que estreia em novembro deste ano”, destaca a regente. Ainda, a cantora Dâmaris Agnes Gianni fará a declamação de poesias dos escritores Cecília Meireles e Mário Quintana.



Thalita Rebouças fala sobre sonhos neste sábado (16)

Sonhos – correndo atrás, é o tema do bate-papo com a jornalista e escritora carioca Thalita Rebouças, neste sábado (16), às 18h, no Auditório da 26ª Feira do Livro de Caxias do Sul. O bate-papo terá a participação do jornalista Carlinhos Santos.

Thalita Rebouças é autora das obras Fala sério, professor!, Tudo por uma pop star, Ela disse, ele disse, Fala sério, pai!, Traição entre amigas, Tudo por um Pop Star, Fala sério, amor!, Tudo por Um Feriado, Fala Sério, Mãe!, Tudo por um namorado e Uma fada veio me visitar.

Para este ano, Thalita prepara dois novos livros, sendo que um terá um menino como protagonista, já que todos os seus livros são destinados ao público adolescente feminino, e o outro livro fará um contraponto das temáticas abordadas pela autora, trazendo uma nova perspectiva em que os pais serão os protagonistas.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

O Prefeito de Caxias do Sul, José Ivo Sartori, na Feira do Livro

Lançamento da Revista Calendário de Eventos de Caxias 2010 - dia 08 de outubro


Solenidade de Abertura da III Mostra e Concurso Literário da Rede Recria - dia 07 de outubro


Abertura do 17º Proler - na Casa da Cultura - dia 07 de outubro
Lançamento e Sessão de Autógrafos do Livro "Direito Urbanístico" de Adir Ubaldo Rech e Adivrando Rech - dia 11 de outubro

Créditos: Chimia

O Secretário Municipal da Cultura - Antonio Feldmann, na Feira do Livro

Lançamento da Revista Calendário de Eventos de Caxias 2010 - dia 08 de outubro



Solenidade de Abertura da III Mostra e Concurso Literário da Rede Recria - dia 07 de outubro

Abertura do 17º Proler - na Casa da Cultura - dia 07 de outubro


Créditos: Chimia




Bate-papo com Laurentino Gomes, nesta sexta-feira (15)


O escritor paranaense Laurentino Gomes realiza bate-papo nesta sexta-feira, na Feira do Livro de Caxias do Sul. O tema do encontro, será o seu novo livro 1822 – Um novo olhar sobre a independência do Brasil, e terá a participação do escritor, jornalista, ator e mestre em Literatura Brasileira, Nivaldo Pereira.

A obra 1822 – Um novo olhar sobre a independência do Brasil conduz o leitor por uma jornada pela Independência do Brasil. Resultado de três pesquisas e composta por 22 capítulos intercalados por ilustrações de fatos e personagens da época, a obra cobre um período de quatorze anos, entre 1821, data do retorno da corte portuguesa de D. João VI a Lisboa, e 1834, ano da morte do imperador Pedro I. “Este livro procura explicar como o Brasil conseguiu manter a integridade do seu território e se firmar como nação independente em 1822″, explica o autor. “A Independência resultou de uma notável combinação de sorte, acaso, improvisação, e também de sabedoria de algumas lideranças incumbidas de conduzir os destinos do país naquele momento de grandes sonhos e perigos”.

Laurentino Gomes, nasceu em Maringá, no ano de 1956. Formou-se em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná. Trabalhou como repórter e editor para vários órgãos de comunicação do Brasil, incluindo o jornal O Estado de São Paulo e a revista Veja. É mais conhecido pela autoria do best-seller “1808 – Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil”. Em 2008, recebeu o Prêmio de melhor livro de ensaio da Academia Brasileira de Letras e o Prêmio Jabuti de Literatura na categoria de livro-reportagem e de livro do ano de não-ficção. No mesmo ano, a Revista Época elegeu Laurentino Gomes uma das 100 pessoas mais influentes do ano, pelo mérito de conseguir vender mais de meio milhão de exemplares de livros da história do Brasil.

Um repórter brasileiro na região mais perigosa do mundo

O escritor e jornalista Luiz Antônio Araujo estará na Feira do Livro de Caxias nesta sexta-feira(15) às 17h, e fará um bate-papo sobre a sua obra Binladenistão - Um repórter brasileiro na região mais perigosa do mundo.

Esta obra, escrita a partir do contato do autor com a região do Afeganistão, ajuda a responder algumas incógnitas como: O que saiu errado no Afeganistão e no Paquistão? Por que os talibãs, mesmo afastados do poder, continuam desafiantes? O que ocorreu com a “guerra global ao terror”? Por que Osama bin Laden ainda não foi capturado? Por que cresce nos Estados Unidos o repúdio à “guerra de necessidade” que o presidente Barack Obama herdou de seu antecessor, George W. Bush? Qual é o papel americano, russo, paquistanês e saudita nessa crise?

Luiz Antônio Araujo entrevistou refugiados, militares, diplomatas, trabalhadores de organizações humanitárias, médicos, estudantes e religiosos. Visitou Peshawar, a cidade onde nasceu a Al Qaeda, e Quetta, um dos refúgios do Talibã. Percorreu Karachi, onde foi sequestrado e morto o jornalista americano Daniel Pearl. O resultado é um painel abrangente da tragédia da Ásia Central e do Subcontinente Indiano, regiões que, como mostra a história recente, podem se tornar um fator explosivo da situação mundial.

Sessões de Autógrafos desta Sexta-feira(15)




O Direito e a Morte – uma abordagem ética

A escritora Márcia Helena Caprara Lionço, lança às 17h, no Café Cultural, o livro O Direito e a Morte – uma abordagem ética (Educs).
A obra buscar tratar com rigor e sensibilidade de um tema vasto e complexo: a morte. Perspassando pelas representações sociais da morte em tempos de pós-modernidade, enfrenta a perspectiva jurídica e evolutiva dos critérios definidores de morte nos tempos atuais. Essa trajetória leva a analisar a morte como elemento indispensável para a realização dos transplantes de órgãos vitais.



Crônicas Douradas

O escritor Lúcio Humberto Saretta, lança às 17h30, no Café Cultural, a obra Crônicas Douradas (Ed. Maquinária).
A obra possui personagens que fazem do esporte, um retrato fiel das emoções que alegram e afligem a alma humana. Com um estilo sóbrio, a história arrasta o leitor ao rico universo de atletas imortais do futebol, do basquete e do boxe.



Coleção como Bem Ensinar

O Conselho Autoral da Escola Caminhos do Saber, sob coordenação de Celso Antunes, lança e autografa as obras da Coleção como Bem Ensinar, às 19h na Sala de Autógrafos da Feira do Livro.
A coleção aborda temas específicos de cada disciplina, integrando propostas de uso de seus conteúdos conceituais em sala de aula. Cada um de seus volumes, foi preparado por profissionais experientes e precedido de rigoroso planejamento, assegurando estreita interdisciplinaridade.

Kalunga no 6º Passaporte da Leitura


O escritor Kalunga participa do Passaporte da Leitura, e recebe, às 14h desta sexta-feira(15), a Escola Municipal Presidente Castelo Branco, no Auditório da 26ª Feira do Livro. Já às 15h, é a vez dos alunos do Colégio Municipal Imigrante.
Kalunga, natural de Jaguarão (RS), é participante dos projetos Autor Presente, do Instituto Nacional do Livro; Adote um Escritor e Fome de Ler, ambos da Câmara Riograndense do Livro. Kalunga possui 14 livros publicados para o público infantil e juvenil. Teve muitas de suas obras adaptadas para o teatro, destacando o livro Criança não faz de Conta, O Sapo Inglês e A Sapa Espanhola e A Bengala Mágica da Tia Zuraide. Atualmente trabalha com seu show poético musical infantil, realiza palestras, coordena cursos/oficinas sobre desenvolvimento na criança do interesse pela leitura. Também atua na área profissional como educador formador, onde ministra a oficina sobre técnicas para falar melhor e aprimorar sua comunicação. Suas obras trabalhadas nesta edição do Passaporte da leitura foram Os casos do detetive Bolotinha e Criança não faz de conta.

Semana da Alimentação na 26ª Feira do Livro de Caxias do Sul


Nesta sexta-feira(15), às 10h, acontece a Comemoração da Semana da Alimentação. Serão distribuídas mudas variadas de temperos e plantas medicinais do Horto Municipal e folders explicativos. Haverá também a exposição da maquete do Relógio Humano próximo ao Palco Central da 26ª Feira do Livro de Caxias do Sul.

A Semana tem por objetivo estimular uma reflexão a respeito do quadro atual da insegurança alimentar mundial, tendo como base o tema “Unidos Contra a Fome”, escolhido pela FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) para celebrar o dia 16 de outubro, Dia Mundial da Alimentação deste ano.

A Semana da Alimentação é uma promoção da Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social - Diretoria de Segurança Alimentar e Inclusão Social (SAIS), o Banco de Alimentos e o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA).

Você na Feira

André Stella

Silvio Canani

Vitória Tigre e Alex Tigre


Juan Barbosa

Ruthleia de Oliveira

Créditos Chimia


quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Dia 12/10 - Tony Bellotto na Feira do Livro



Créditos: Chimia













































Lançamento da 2ª Etapa do Projeto Peçuelos da Leitura


A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal da Cultura, Programa Permanente de Estímulo à Leitura-Livro Meu em parceria com a 25ª Região Tradicionalista e o Curso de Mestrado em Letras, Cultura e Regionalidade da Universidade de Caxias do Sul, lançam o a 2ª etapa do projeto Peçuelos da Leitura, nesta quinta-feira (14), às 19h, no Palco Central da Feira do Livro.

O projeto Peçuelos da Leitura, lançado em 22 de junho deste ano, distribuiu 50 peçuelos (duas sacolas unidas por uma extensão de lona, com livros que o viajante leva na garupa do cavalo) a 50 entidades tradicionalistas de Caxias do Sul. Cada peçuelo, tem acervo de 10 livros de literatura gauchesca e da história regional, totalizando 500 livros.

Na 26ª Feira do Livro de Caxias do Sul, os realizadores do projeto farão a entrega de mais 50 Peçuelos para outras entidades ligadas ao movimento gaúcho, que estarão presentes na Praça Dante Alighieri.

O projeto tem como objetivo criar espaço para levar fruição estética da Literatura Regionalista gauchesca para os leitores ligados ao Movimento Tradicionalista Gaúcho – MTG e enfatizar discussões como a adesão afetiva à representação simbólica do gauchismo, oferecendo uma visão crítica deste fenômeno.

Segundo a Coordenadora do PPEL, Luiza Motta, levar o livro aos mais diversos ambientes, é a política do livro e da leitura da Prefeitura de Caxias do Sul. ''Estamos satisfeitos de levar a leitura ao âmbito Tradicionalista, que preserva a cultura na região e, por meio dela, populariza o livro. A 25ª Região Tradicionalista será mediadora de uma leitura com acervo de qualidade, juntamente com o curso de Mestrado da UCS.''

O total de 1000 livros dos Peçuelos da Leitura foram adquiridos pela Secretaria Municipal da Cultura, além das doações feitas pela Corag e Martins Livreiros.

A Feira do Livro no País das Maravilhas

Caxias do Sul visita o mundo encantado da imaginação, com a mesa temática “No País das Maravilhas: um passeio com Alice pela literatura infantil e juvenil”, às 18h no Auditório da 26ª Feira do Livro.
Os participantes são: o escritor, jornalista e colecionador de versões da história de Alice, Caio Riter; as Doutoras, professoras do Curso de Letras da UCS, Cecil Zinani e Salete R. dos Santos e o especialista da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, Volnei Canônica.
Os alunos do curso de Letras da UCS, também estarão presentes no evento, trazendo suas experiências e indagações.
A mesa traz a história do escritor inglês Lewis Carroll publicada em 1966 e que já teve várias traduções e adaptações no mundo inteiro. No Brasil, a história foi adaptada por Monteiro Lobato em 1960.
Alice no País das Maravilhas é o primeiro texto nonsense para crianças adaptado para as telas do cinema pela Walt Disney em 1951 e que, em 2010, voltou às salas escuras em uma nova versão do famoso diretor Tim Burton.

Venha ler com...Marcos Fernando Kirst e Frei Aldo Colombo

O Venha Ler Comigo desta quinta-feira (14), fica por conta do Patrono da 26ª Feira do Livro de Caxias do Sul, Marcos Fernando Kirst e do Homenageado, Frei Aldo Colombo. O bate-papo será às 18h, no Café Cultural da Feira do Livro, e trará uma abordagem ampla da leitura da Bíblia Sagrada.

O escritor Marcos Fernando Kirst nasceu em Ijuí em 1966. Atua no mercado gaúcho desde 1989 , passando pelas redações de jornais e desempenhando nelas funções como repórter, editor e editor-chefe, em jornais como: A Razão (Santa Maria), Folha de Candelária (Candelária), Pioneiro (Caxias do Sul), Diário de Santa Maria (Santa Maria), e O Farroupilha (Farroupilha).
Atualmente, atua como jornalista colaborador da Revista Acontece Sul (Caxias do Sul), do Jornal Pioneiro e do jornal semanal Informante (Farroupilha). Desenvolve também projetos junto à editoras gaúchas, produzindo livros institucionais para empresas e entidades da região da Serra Gaúcha.
É autor de diversas publicações, dentre as quais se destacam os seguintes títulos: Dois Passos Antes da Esquina, A História nas Estantes – 60 anos da Biblioteca Pública Municipal Dr Demetrio Niederauer, O Gato que não Sabia de Nada, Fruki – Uma História com Sabor (resgata os 85 anos da indústria de bebidas Fruki) e Todeschini – A Arte de se Reinventar (resgata os 70 anos da indústria de móveis Todeschini, de Bento Gonçalves).

O escritor Frei Aldo Colombo, jornalista e escritor, nasceu em Morro Grande (RS), em 1937. Após a ordenação sacerdotal, desempenhou sua função jornalística no departamento de notícias da Rádio Difusora de Porto Alegre. Entre os anos de 1970 e 1980, assume a função de Redator – Chefe do Jornal Correio Riograndense.
Atualmente, é Diretor de Redação do Jornal Correio Riograndense, além da Pastoral na Paróquia da Imaculada Conceição (Igreja dos Capuchinhos).
A ligação de Frei Aldo com os livros sempre esteve presente na vida do religioso. O primeiro livro escrito foi: Ele tomou conta de mim (1975). Em 1979, lançou Um olhar diferente e Agostinho: pecador filósofo e santo. O quarto livro lançado foi Avesso da notícia, em 1983, seguido de Não há mais aldeia (1988), A arte de escolher (2007) e Na escola da vida (2008).


O Venha Ler Comigo teve início na 25ª edição da Feira do Livro de Caxias do Sul e tem como objetivo compartilhar leituras com o público da Feira, de forma descontraída. Pessoas ligadas à literatura comentam escritores e obras que, de alguma forma, marcaram suas vidas.

Passaporte da Leitura desta quinta-feira(14)



A 6ª edição do Passaporte da Leitura, traz à 26ª Feira do Livro de Caxias do Sul, nesta quinta-feira (14), os escritores Caio Riter e Graziela Hetzel.

O escritor Caio Riter recebe a Escola Municipal Manoel Pereira, às 9h, e a Escola Municipal Rubem Bento Alves, às 10h, no Auditório da Feira do Livro.
Caio Riter nasceu em 24 de dezembro de 1962, em Porto Alegre. É Bacharel em Comunicação Social, Jornalismo (PUC-RS), e licenciado em Letras, Língua Portuguesa e Literatura, pela Faculdade Porto-Alegrense de Educação, Ciências e Letras – FAPA/RS. É mestre e doutor em literatura brasileira. Ministra oficinas de criação literária e livros publicados nos gêneros infantil, juvenil e contos. Foi patrono das feiras do livro de Alvorada (2006) e de Nova Hartz (2005). Participa de vários projetos que objetivam aproximar o leitor do escritor, dentre eles o Divulga Leitura (Artes e Ofícios), Adote um Escritor (Câmara Riograndense do Livro-CRL/SMED), Autor na Sala de Aula (WSEditor), Autor Presente (Instituto Estadual do Livro - IEL) e Fome de Ler (ULBRA/CRL). Recebeu os prêmios Açorianos (2004 e 2006); 1º Barco a Vapor (2005); Ages – Livro do Ano (2005 e 2006); Orígenes Lessa (2007) e Selo Altamente Recomendável (2007), (ambos da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil-FNLIJ), além da participação dos Catálogos de Bolonha e White Ravens. Caio Riter escreveu obras como: Um Palito Diferente, A Menina que Virou Bruxa, Pra Lá e Pra Cá, O Tesouro Iluminado, Teia de Silêncios, Viagem ao Redor de Felipe, O Outro Passo da Dança, A Formação do Leitor Literário na Casa e na Escola, As Luas de Vindor, Conversas de Cachorro e Maria Degolada, Santa Assombrada, entre outras.


Já a escritora Graziela Hetzel recebe a Escola Municipal Prefeito Luciano Corsetti, às 14h, e a Escola Estadual Dr. Renato Del Mese, às 15h, no Auditório da Feira do Livro.
Graziela Hetzel nasceu no Rio de Janeiro, onde reside até hoje. Começou a escrever aos 12 anos de idade. Durante dois anos trabalhou como professora especializada em alfabetização. A partir de 1991, quando publicou seu primeiro livro, começou sua trajetória literária. Atualmente possui 18 livros publicados. Graziela é autora dos livros Perigosa Descoberta, Problema do Godofredo, O Estranho Caso da Caverna, Tem um Leão na Minha Casa, Menino Golfinho, Histórias de Lavar a Alma, Colégio Novo é Fogo e Férias de Arrepiar. Os seus livros A Cristaleira, Jogo de Amarelinha e O Lobo, foram ganhadores do Prêmio FNLIJ - O Melhor para Crianças nos respectivos anos, 1995, 2007 e 2010. A autora também recebeu várias vezes o Selo de Altamente Recomendável da FNLIJ.

Sessões de Autógrafos desta Quinta-feira (14)






Moda em sintonia

Ana Mery Sehbe de Carli e Mercedes Lusa Manfredini, lançam, às 17h, no Café Cultural da Feira do Livro, o livro Moda em sintonia (Educs)
O livro é resultado de alguns empreendimentos do curso de Moda da Universidade de Caxias do Sul, focados no aprimoramento dos designers, profissionais da área e demais especialistas.



Leitura e Produção Textual

As professoras do curso de Letras da UCS, Vanilda Salton Köche, Odete Maria Benetti Boff e Adiane Fogali Marinello, lançam às 17h, na Sala de Autógrafos o livro Leitura e Produção Textual (Ed. Vozes).
O livro procura ensinar a escrever, envolvendo a prática, a reflexão sobre a prática e a prática do aperfeiçoamento do que se pratica. A obra ressalta que ensinar a escrever também envolve o exercício e o consequente domínio da prática, além do exercício da orientação da prática do aluno.



Tempo de Amadurecer e Quadrantes

O publicitário e colunista do jornal O Florense e do jornal Semanário de Bento Gonçalves, Flávio Luís Ferrarini, lança, às 18h, na Sala de Autógrafos, os livros Tempo de Amadurecer, destinado ao público infanto-juvenil e Quadrantes, uma obra de poesias com ilustrações de Antônio Giacomin, ambos são da Editora Maneco.



A Outra Face

O professor e historiador Lucas Caregnato lança, às 18h, na Sala de Autógrafos, a obra A Outra Face.O livro trata da presença de afrodescendentes em Caxias do Sul na primeira metade do século XX.